Monthly Archive for Junho, 2008

A importância dos perfis de comprador no marketing da Internet

«Uma das formas mais simples de criar um sítio eficaz ou bons programas de marketing com conteúdos online consiste em dirigir-se aos perfis de comprador específicos criados. No entanto, a maioria dos sítios são folhetos em versão aumentada, que não oferecem informações específicas aos diferentes compradores. Se reflectirmos, chegaremos à conclusão de que o típico sítio na Internet é genérico, estando os conteúdos organizados de acordo com os produtos e serviços da empresa, e não por categorias em conformidade com os perfis de comprador e respectivos problemas.
O mesmo se aplica a outros programas de marketing online. Sem um enfoque no comprador, os típicos comunicados de imprensa e programas de relações com os meios de comunicação são desenvolvidos com base naquilo que a organização quer dizer, em vez do que o comprador quer ouvir. Há uma enorme diferença entre estas duas abordagens. As empresas com estratégias de sucesso no âmbito das notas informativas enviadas directamente para os consumidores escrevem para os seus compradores. Os blogues que mais frequentemente atingem os objectivos organizacionais não têm como tema central as empresas ou os produtos, mas sim os clientes e os seus problemas.»

Pág. 163

Como elaborar apresentações para cativar os meios de comunicação?

«Tal como todos os agentes de marketing sabem, conseguir fazer com que uma empresa, produto ou executivo apareça numa publicação de relevo é uma excelente iniciativa de marketing. É por esse motivo que se gastam anualmente milhões e milhões de euros em relações públicas (embora muito desse dinheiro seja desperdiçado). Quando a sua organização aparece num artigo, não só consegue chegar directamente aos leitores dessa publicação, como também pode remeter posteriormente os seus potenciais clientes para o texto em questão, através de reimpressões ou hiperligações. Obter a cobertura dos meios de comunicação é sinónimo de autenticidade. Conforme disse anteriormente, inundar os meios de comunicação com mensagens não solicitadas não resulta. No entanto, por vezes, o leitor poderá querer dirigir-se a uma publicação específica (o jornal local, por exemplo). O que deverá fazer?»


Encontre as respostas na pág. 242 (e seguintes) do livro!